terça-feira, 2 de junho de 2009

A expressão do olhar

O que procuramos nós ao observar um rosto? Certamente expressões que possam traduzir estados de alma. São elas que “dão vida”, que fazem  um ser humano sair do anonimato, que lhe dão autenticidade.

As expressões faciais são reveladoras de emoções e os olhos podem constituir “portas de entrada” que nos permitem constatar essas mesmas emoções.

Observe os esboços que a seguir lhe apresento. Um brilho no olhar, uma sombra colocada no lugar correcto são suficientes para criar mistério, perplexidade, alegria, tristeza...

Em breve apresentarei um estudo sobre a construção dos olhos humanos. Devemos estar conscientes que, para se conseguirem bons resultados, é necessário treino. Muito. Persistência. Muita.

Sei que me encontro longe de ser uma especialista no assunto, mas estou a tentar e a conseguir progressos.

É nessa perspectiva que me permito seguir a via de uma “partilha de conhecimentos” que pode ser útil – espero que sim – a alguém neste vasto “universo” que é o planeta Terra.

Entretanto, e enquanto preparo o material adequado, continuarei com a série “o significado das cores”.


Ana Agostinho, 2009

Sem comentários:

Enviar um comentário