domingo, 4 de abril de 2010

Em direcção à abstracção

Fase 1
Fig. 1

Vamos trabalhar a partir da realidade, de uma fotografia ou de uma pintura (é este o caso da Fig. 1).
Desenhamos o contorno daquilo que desejamos pintar.


Fase 2
Fig. 2

Uma vez conseguido o esboço (Fig. 2), atribuímos-lhe cores que nada têm a ver com o real.
A partir da fig.2 procuramos a geometrização das formas.


Fase 3
Fig. 3

Geometrizadas as formas, atribuímos-lhe as mesmas cores (para comparar o efeito - Fig. 3)
Acrescentamos os pormenores que considerarmos pertinentes (neste caso, traços a carvão)
Rodamos a imagem porque podemos ficar mais satisfeitos com novas abordagens à imagem.


Fase 4
Fig. 4

A imagem que mais me agradou foi a da fig. 4, pelo que fiquei satisfeita com a rotação dada à Fig. 3.
E eis aqui uma tentativa de abstracção...

Sem comentários:

Enviar um comentário