quinta-feira, 5 de maio de 2011

Teoria da Cor


1. Harmonia Monocromática



É a harmonia resultante de uma mesma cor da roda das cores. As tonalidades podem mudar, mas todas ficam no mesmo matiz da roda das cores. O esquema ou harmonia monocromática utiliza variações de luminosidade e saturação de uma mesma cor. Estas harmonias luzem simples e elegantes, de fácil percepção ao observador especialmente quando se trata de tons azuis e verdes.
A cor principal pode ser combinada com cores neutras, preto e branco, no entanto pode ser difícil quando se utiliza esta harmonia, ressaltar os elementos mais importantes.

Prós:
A harmonia monocromática, é simples de utilizar e sempre luz balançada e visualmente apelativa.

Contras:
Este esquema carece de contraste. Não é uma harmonia tão vibrante como a harmonia de complementares.

Dicas:

· Quando realizar um trabalho com harmonia monocromática, utilize as luzes, sombras e tonalidades da cor principal para tornar mais interessante o trabalho.

· Experimente o esquema análogo; ele oferece certas nuances ainda mantendo a simplicidade e elegância da harmonia monocromática.


Monocromia

Um esquema de cor de monocromia é uma única cor (primária, secundária ou terciária) e suas variações em termos de tons, contraste e saturação. Usar essa combinação de cores é quase sempre bom, só deve se tomar muito cuidado para tornar o sua combinação monótona. Usar a monocromia combinada com preto e branco pode ser eficiente.



Sem comentários:

Enviar um comentário